Não está a comunicar com o seu cliente? Conte a história da sua empresa. Humanize a sua marca. E ofereça algum diferencial.

2
3min de leitura

Não está a comunicar com o seu cliente? Conte a história da sua empresa. Humanize a sua marca. E ofereça algum diferencial. O modo como o consumidor compra mudou. Adapte-se!

Não há grandes segredos. Se formos à origem da construção das sociedades, percebemos o que a História nos diz e que foram as trocas comerciais que desenvolveram e contribuíram para o crescimento das sociedades. Mas o conceito da ‘troca’ comercial continua muito atual.

As empresas que hoje colocam os seus produtos à venda e não interagem, que não oferecem um diferencial face à concorrência, que não oferecem algo em troca, podem ficar pelo caminho.

Os tempos são de mudança. E as mudanças são constantes, como a economia cada vez mais volátil e dependente de uma pandemia que não dá tréguas.

No processo de construção de credibilidade da marca, há que transmitir visão, valores e objetivos para uma comunicação eficaz. Mas há que dar prova desses valores, dessa diferenciação.

Há muitos bons exemplos, nacionais e internacionais. São fórmulas que funcionam, que devem ser replicadas e que todos os dias surgem e estão diante dos nossos olhos.

Uma boa história vende

Olhemos para alguns exemplos: se uma empresa de microcrédito promete que vai acabar com o endividamento dos seus clientes, tem de o fazer de facto. Uma promessa não cumprida é um risco desnecessário e que compromete a credibilidade da marca.

Assim, e neste caso, de facto a empresa pode fazê-lo. Como? Educando o seu cliente. Oferecendo-lhe informação financeira gratuita e depois sim, os seus serviços/produto que vão levar ao alívio da dívida.

Exemplos não faltam. Nem histórias. E uma boa história é, na maioria das vezes, mais ‘vendável’ que um produto. Poucos resistem a uma história. 

Numa altura em que as empresas estão a tentar destacar-se, esquecem-se de usar as redes sociais e todos os meios de divulgação a seu favor. Contar as origens da empresa, falar dos valores e dos objetivos é muito impactante e aproxima o consumidor da marca, da empresa.

As malas de resíduos

A marca de acessórios de moda suíça Freitag é a prova de como uma boa história impacta, atrai o consumidor e é sinónimo de sucesso. A empresa foi criada por uma dupla que desenha acessórios de moda com lonas impermeáveis e resíduos. Resíduos estes que têm de ter mais de três anos e que são de diversas proveniências, desde tubos de bicicletas até cintos de segurança de veículos automóveis, entre outros.

A marca é um sucesso e muito popular entre os millennials, pelo seu conceito. Com a inovação sempre em mente, a dupla aumentou a fasquia com uma plataforma de compras gratuita. É uma espécie de sistema de troca de correspondência entre fãs da marca, através da qual podem trocar malas entre si, prolongando o tempo de vida útil desse acessório. Este conceito nasceu vencedor, uma vez que toca num ponto muito sensível: promove a redução de resíduos, apela à reciclagem.

Sustentabilidade e proteção do Planeta são sempre temas atuais e que atraem cada vez mais consumidores. E mais consumidores jovens.

O consumidor está mais exigente e não se trata só de exigir produtos sustentáveis, ele quer também algo diferenciador num mercado global onde a oferta é um oceano.

O diferencial do negócio dos irmãos, que nasceu nos anos 90, levou a marca para fora da Suíça.

Qual é a história da sua empresa? Partilhe connosco!

Não está a comunicar com o seu cliente? Conte a história da sua empresa. Humanize a sua marca. E ofereça algum diferencial.

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL